Reserva de Emergência em 2024: Melhores Investimentos

Categoria:
reserva de emergência melhores investimentos

A Reserva de emergência é o ponto zero de todo investidor, sem ela pode ficar muito difícil fazer aportes com regularidade.

Isso porque imprevistos acontecem a toda hora e é a reserva de emergência que vai te salvar nesses momentos.

Mas em 2024, quais os melhores investimentos para a sua reserva de emergência.

Eu preciso logo te dizer que nada mudou em relação aos investimentos, mesmo com a queda da Selic.

Entretanto, tem muita coisa que é óbvia precisa ser dita para que você não caia em cilada.

O que é e para que serve uma Reserva de Emergência?

Uma reserva de emergência é aquela parte do seu patrimônio destinada a cobrir imprevistos e situações inesperadas.

Assim, pense nela como um seguro financeiro que garante paz de mente para enfrentar desafios como a perda de um emprego, despesas médicas inesperadas ou até mesmo um reparo urgente em casa.

Essa reserva deve ser facilmente acessível e segura, afinal, a última coisa que você quer durante uma emergência é perder dinheiro.

Por isso é essencial que os investimentos escolhidos para essa função tenham três pontos cruciais: segurança, baixa volatilidade e liquidez.

Ou seja, estar em uma instituição sólida, que não tenha mudanças de valores exagerados e que esses investimentos possam ser resgatados ao menos em até 1 dia útil.

Reserva de Emergência: também é para coisa boa

A palavra emergência já é quase que associada a hospital e a coisa ruim que a gente precisa resolver.

Ou até a problemas que que surgiram e que precisam ser sanados o quanto antes.

Mas nem toda emergência na vida é de coisa ruim e é por isso que estou abrindo esse tópico rápido.

Para que você possa pensar na sua reserva de emergência como uma coisa boa que você tem que cultivar.

Por exemplo, você foi promovido para o cargo dos seus sonhos e vai precisar mudar de cidade.

Essa promoção que sempre foi uma coisa muito esperada por você vai precisar de um resgate da sua reserva para pagar algum custo dessa transferência.

Reserva de Emergência 2024: Melhores Investimentos

Uma reserva de emergência deve ter três características básicas:

  • Alta liquidez: resgate em até 1 dia útil;
  • Baixa volatilidade: o preço do ativo não pode ter muita variação;
  • Solidez: seu investimento tem que estar numa instituição sólida.

Se em algum momento seu investimento desrespeitar esses três pontos, pode ser que você tenha alguma dificuldade no uso de sua reserva.

Opção 01: Tesouro Selic

tesouro selic reserva de emergencia

O Tesouro Selic, título público do Tesouro Nacional, ofertado no Tesouro Direto, é uma das opções mais populares para a reserva de emergência.

Sua grande vantagem é a combinação de baixo risco, segurança e liquidez diária.

Isso significa que você pode resgatar seu dinheiro a qualquer momento sem perdas, em condições normais de mercado.

Além disso, acompanha a taxa Selic, garantindo um rendimento alinhado com a taxa básica de juros da economia.

Sobre a sua segurança, os títulos do Tesouro Nacional tem o risco soberano, que é o risco do país quebrar.

Então, se os títulos ofertados no Tesouro Direto estiverem com problemas, todos os outros do Brasil estarão em situação pior.

Um ponto positivo a mais do Tesouro Selic é que até R$ 10 mil você não paga a taxa de custódia de 0,20% sobre o capital investido.

Qual Tesouro Selic eu Escolho?

Sempre haverá duas opções um Tesouro Selic com um vencimento mais próximo, outro com um vencimento mais alongado.

Aqui tem muitas opiniões diversas dos próprios especialistas.

O que eu posso dizer a você é que independente do ano, você vai estar bem servido.

Se você for muito metódico, pode dividir entre os vencimentos a depender do montante da sua reserva.

Opção 02: CDB de Bancos Grandes

cdb bancão reserva de emergência

Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) de grandes bancos são outra opção segura para sua reserva de emergência.

Eles oferecem a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), o que significa que seu investimento tem proteção adicional até R$ 250 mil.

Além disso, os CDBs de bancos grandes frequentemente oferecem liquidez diária, permitindo acesso rápido ao seu dinheiro.

Os CDBs atrelados ao CDI são a escolha ideal para a sua reserva.

Se você ainda não entende muito essa relação do CDB com CDI, temos um post completo AQUI

Geralmente os bancos grandes (bancões) alinham a taxa do CDI que é ofertada no mercado atualmente em 99% do CDI.

Você pode ter acesso a post de alguns bancos grandes que já fizemos: Itaú e Bradesco.

Mas esse valor pode mudar com a queda da Selic e voltar aos famosos 100% do CDI que muitos consideram como o mínimo para bancão.

Selic Meta (Bacen)CDICDBRentabilidade Bruta
11,25%11,15%100%11,15%
11,25%11,15%99%11,04%
11,25%11,15%98%10,93%
11,25%11,15%97%10,82%

Imposto de Renda e IOF

Não custa nada lembrar: Tesouro Selic e CDB são investimentos de renda fixa.

Por isso, tem incidência da tabela regressiva de IR.

PrazoImposto de Renda
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

Além disso, se você resgatar antes de 30 dias, também sobre a rentabilidade incide IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Opção 03: Fundos de Investimento Simples

fundo de investimento simples

Os Fundos de Investimento Simples são fundos com liquidez diária que aplicam quase todo seu capital atrelado ao CDI.

Aqui os gestores dos fundos são obrigados a investir 95% do patrimônio do fundo em:

  • Títulos da dívida pública federal (similares aos do Tesouro Direto);
  • Renda Fixa que tenha risco equivalente ao do Tesouro;
  • Operações compromissadas com risco equivalente ou lastreadas pelo Tesouro.

Basicamente são títulos de renda fixa muito seguros, porque tem uma relação direta com os títulos que são negociados pelo Tesouro Nacional.

Na parte de gestão (todo fundo de investimentos tem seu gestor) não tem muito o que fazer.

Ou seja, não há necessidade de cobrar taxa para fazer essa gestão.

Essa era até uma prática recente, mas algumas instituições tem mudado isso.

Então, se cobrar qualquer taxa que seja, desconsidere essa opção.

Investimentos que Rendem Mais

rentabilidade reserva de emergencia

Eu sei, você vai ficar se perguntando o porquê de não ter investimentos mais rentáveis.

Existe uma boa justificativa, emergências pedem muita segurança.

Você pode até encontrar alguns CDB´s que te pagam 110% do CDI ou até mais.

Primeiro, quero que se atente para saber se não é um CDB promocional tipo esse AQUI.

Depois, é importante saber que mesmo que você encontre um bom banco, ele não vai ser tão seguro quanto os maiores.

E essa segurança você paga com menos rentabilidade.

Mas afinal, reserva de emergência nós precisamos de rentabilidade ou segurança? Faça sua esolha.

Ah, mas tem o FGC!

Se o banco que você colocou toda sua reserva falir, você vai ter que esperar algum tempo para reaver seu dinheiro.

É verdade, pode demorar ou pode ser rápido. Mas é melhor não contar com a sorte de que não seja no momento da sua emergência.

E não custa nada lembrar Fundo Imobiliário não é renda fixa e não serve para sua reserva de emergência.

Conclusão

Construir e manter uma reserva de emergência é um pilar fundamental da saúde financeira.

E com as diversas opções de investimento disponíveis, é essencial escolher aquela que melhor se alinha às suas necessidades de liquidez, segurança e rentabilidade.

Seja optando pelo Tesouro Selic, por Fundos de Investimento Simples ou CDBs de grandes bancos, o importante é ter a tranquilidade de saber que você está preparado para enfrentar imprevistos financeiros.

Até por que a melhor forma de se preparar para imprevisto é considerando ele algo previsto.

Ou seja, sempre vai acontecer alguma coisa que você não planeja.

Então, esteja sempre praparado.

Espero que este blogpost tenha sido informativo e útil para você.

Continue nos acompanhando para mais dicas e insights sobre investimentos!

FAQ – Perguntas Frequentes

Qual é o valor ideal para se ter em uma Reserva de Emergência?

O valor ideal para uma reserva de emergência geralmente corresponde de seis meses para mais do seu custo mensal, variando conforme o estágio de vida, perfil, conhecimento financeiro e ramo de atuação profissional​. Alguns especialistas indicam de 3 a 6 meses do custo fixo. Acredito que depois da pandemia o ideal é no mínimo 6 meses, se possível mais a depender da sua situação atual. E não deixar apenas seu custo fixo, mas o seu custo total para que não mantenha aquilo que é básico numa emergência grande como é o caso de desemprego.

Posso utilizar a Reserva de Emergência para gastos não urgentes?

Sua reserva de emergência não é uma reserva de oportunidade. Apesar das tentações que você vai passar, com certeza, não podemos utilizar a nossa reserva de emergência para um gasto que não é urgente e necessário.

Devo ter uma Reserva de Emergência antes de realizar grandes compras?

Sim. Sua reserva de emergência vai te prevenir que você não fique endividado ao fazer um grande investimento. Isso porque nesse período, é possível que imprevistos aconteçam e nesse momento de grande desembolso e sem algum colchão financeiro, você pode se complicar financeiramente.

Quem tem um perfil arrojado pode investir o dinheiro da Reserva de Emergência em ações?

Não. Esse cenário é muito comum principalmente quando a Selic está em patamares muito baixos. Ao olhar para sua reserva de emergência e ver que ela “não rende nada” você pode ser tentado aplicar em algo mais arrojado. Contudo, para se ter um bom investimento para sua reserva é preciso ter segurança, baixa volatilidade e alta liquidez. Assim, o investimento no mercado de ações não atende a esses critérios de forma satisfatória.

Gustavo Dourado

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *