CDB Fácil Bradesco: como investir?

Categoria:
cdb fácil bradesco

O CDB Fácil do Bradesco é aquele CDB atrelado ao CDI que todo bancão possui.

Pois é um investimento de simples aplicação, que está relacionado a nossa taxa de juros e pode ser sacado a qualquer momento.

Mas como utilizar de forma correta esse investimento?

Uma rentabilidade atual de 99% do CDI é suficiente?

Já te adianto que que não tem muita burocracia e que 99% hoje está em linha com os demais grande bancos.

Vamos explicar todos os detalhes nesse post.

O Que é o CDB Fácil do Bradesco?

O CDB Fácil do Bradesco é um tipo de investimento de renda fixa, onde o retorno está vinculado à taxa DI ou CDI, uma referência no mercado financeiro brasileiro.

A Taxa DI anda lado a lado com a taxa de juros.

Então, se os juros/Selic sobem o DI acompanha, se os juros caem o DI também vai arrefecer.

Basicamente quando um investidor aplica no CDB Fácil ele está emprestando dinheiro para o Bradesco.

Da mesma forma, o Bradesco está assumindo um compromisso futuro de pagar no momento do resgate ou do vencimento do CDB a rentabilidade acordada no momento do investimento.

Mas quanto rende CDB Fácil do Bradesco?

Hoje o Bradesco está ofertando uma rentabilidade de 99% do CDI.

O que isso quer dizer? Só observar a tabela abaixo para saber a rentabilidade bruta desse investimento.

Selic Meta (Bacen)CDICDBRentabilidade Bruta
11,25%11,15%100%11,15%
11,25%11,15%99%11,04%
11,25%11,15%98%10,93%
11,25%11,15%97%10,82%

Como dito anteriormente, se a Selic cai o DI vai na mesma linha, no movimento inverso também.

Vantagens do CDB Fácil do Bradesco

Uma das principais vantagens do CDB DI do Bradesco é a segurança.

Isso porque quando você empresta para o banco, você corre o risco de crédito dele, ou seja, se ele falir não tem como te pagar.

Mas o Bradesco é um dos maiores bancos do país.

Então, a probabilidade de ele não devolver o dinheiro investido é pequena.

Além disso, esse tipo de investimento oferece a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), assegurando o investimento até um limite de R$ 250.000 por CPF e instituição financeira.

Fora a segurança, o CDB tem uma aplicação mínima de R$ 100,00 reais e conta com liquidez diária (você pode resgatar e aplicar em qualquer dia útil).

Por fim, por ser uma aplicação pós-fixada ao DI ou CDI, você praticamente só verá a rentabilidade ser adicionada positivamente.

A rentabilidade do CDB Fácil é suficiente?

A rentabilidade do CDB Fácil está alinhada com outros CDBs de mesma configuração em outros grandes bancos.

Ou seja, Santander, Itaú e Banco do Brasil estão praticando a mesma rentabilidade.

A suficiência da rentabilidade vai de acordo com o uso e com a lógica de escolha do CDB.

Se você está procurando um porto seguro para a sua reserva de emergência, por exemplo, esse CDB tem uma rentabilidade suficiente.

Porque vai ter uma rentabilidade alinhada com a segurança que ele propõe.

Já que é um título de crédito de um dos maiores bancos do país.

Para Quem é Indicado o CDB DI do Bradesco?

Este tipo de investimento é ideal para pessoas que buscam um equilíbrio entre segurança e rentabilidade.

É particularmente indicado para investidores conservadores ou moderados, que têm uma tolerância ao risco mais baixa e desejam proteger seu capital enquanto obtêm rendimentos consistentes.

Também é uma excelente escolha para quem está começando a investir e deseja um produto financeiro simples e de fácil compreensão.

Como investir CORRETAMENTE o CDB Fácil?

Para tirar o máximo proveito do seu investimento no CDB Fácil do Bradesco, é essencial diversificar seu portfólio.

Evidente que tem outras opções mais rentáveis, mas elas carregam um ponto a mais de risco ainda que seja um CDB DI pósfixado.

Por exemplo, uma startup pode até pagar 105% do CDI, mas quem vai te dar mais segurança? O bancão.

Então, se você está precisando de segurança para uma reserva de emergência, por exemplo, aqui é o seu lugar.

Se você tem um perfil mais conservador, aqui é um bom ponto de partida.

Se você precisa de uma rentabilidade maior, não coloque todos os seus ovos na mesma cesta: combine o CDB Fácil com outros tipos de investimentos, como ações, fundos imobiliários ou títulos do Tesouro Direto, para mitigar riscos e maximizar retornos.

 

Leia Mais: Entenda as limitações do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Clique AQUI

 

Implicações Fiscais do Investimento em CDB DI

Investir no CDB Fácil também envolve considerações fiscais.

Os rendimentos são tributados pelo Imposto de Renda (IR), com alíquotas regressivas que diminuem quanto mais tempo você mantém o investimento.

PrazoImposto de Renda
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

Além disso, há a incidência do IOF para resgates realizados em um período inferior a 30 dias após o investimento.

Por isso, é importante ter ciência desses impostos comuns a investimentos de renda fixa.

Tesouro Selic uma boa opção

O Tesouro Selic é um título público do governo que é comercializado pela plataforma do Tesouro Direto.

Assim, ao investir no Tesouro Selic você está emprestando dinheiro para o governo.

Não se iludam, tirando a política do meio da conversa, os títulos públicos são os títulos de crédito mais seguros do país.

Ademais, sua rentabilidade é a taxa de juros + um pequeno percentual.

Se você investir até R$ 10.000,00 nesse título não vai precisar pagar os 0,20% anuais de taxa de custódia.

Então, nesse cenário o Tesouro Selic passa a ser uma opção mais interessante.

Conclusão

Investir no CDB Fácil do Bradesco pode ser opção para muitos investidores, especialmente aqueles que buscam um equilíbrio entre segurança e rentabilidade.

Com as informações e dicas fornecidas neste artigo, você estará melhor preparado para fazer escolhas de investimento informadas e alinhadas com seus objetivos financeiros.

Gustavo Dourado

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *