IPTU e IPVA: Pago parcelado, SIM ou NÃO? [SAIBA AQUI]

iptu ou ipva melhor pagar à vista ou parcelado

Com a chegada do novo ano, uma questão inevitável surge para proprietários de imóveis e veículos: IPTU e IPVA: pago parcelado, SIM ou Não?

Essa decis√£o, muitas vezes tomada sem colocar no papel e avaliar todos os fatores envolvidos.

Neste post, vamos explorar qual é a opção mais certeira: pagar à vista ou parcelado?

Já vamos logo adiantando, em geral pagar à vista é melhor.

Mas existem outros pontos a considerar, explicamos tudo aqui!

Desconto no Pagamento à Vista e a Taxa Selic

Ao considerar o pagamento do IPTU e IPVA, muitos olham apenas para o percentual de desconto oferecido no pagamento à vista e o comparam com a taxa Selic, hoje 11,65%.

No entanto, essa an√°lise superficial pode ser enganosa.

√Č crucial entender que a escolha entre pagar √† vista ou parcelar n√£o depende apenas desse fator.

E aqui vamos explicar tudo detalhado, vamos logo para uma simulação.

Análise Prática com Simulação

iptu e ipva simulador

Vamos supor um IPTU ou IPVA num valor de R$ 1.000,00 reais.

Se a opção de parcelamento em 10 vezes é oferecida ao lado de um desconto de 10% no pagamento à vista, como decidir?

A chave é considerar o retorno real de um investimento equivalente em renda fixa pelo mesmo período.

Não apenas em renda fixa, mas que ele tenha liquidez diária (você precisa sacar a qualquer momento), com pouca volatilidade (não varie muito de valor) e seja seguro.

Ponto Importante [o c√°lculo]

A conta não é simplesmente colocar R$ 1000,00 reais para render e pronto.

Até porque você vai ter que desembolsar a cada mês uma parcela, nesse caso de R$ 100,00 reais.

Então, no segundo mês, não tem R$ 1000,00 reais, você tem penas R$ 900,00 investidos, porque já pagou R$ 100,00 reais da primeira parcela.

Assim, quanto mais passa o tempo, menos dinheiro você tem investido.

Simulação [os dois cenários]

Vamos pegar nosso caso pr√°tico, voc√™ pode pegar as condi√ß√Ķes que est√° relacionada a seu Estado (IPVA) e seu munic√≠pio (IPTU) para ficar mais fidedigno.

Supondo que ambos são R$ 1000,00 reais e o desconto é de 10% para pagar à vista.

Se fosse uma conta simples, ganhando apenas a taxa Selic, você teria R$ 116,50 reais de rentabilidade bruta, ou seja, sem descontar os impostos.

Nesse cen√°rio, seria melhor investir.

Mas o cálculo não é exatamente esse.

No primeiro mês você terá uma rentabilidade sobre R$ 1000,00; no segundo sobre R$ 900,00; no terceiro sobre R$ 800,00 e assim por diante.

Vamos precisar quanto renderia seu dinheiro por mês.

Com a Selic a 11,65% a.a., isso d√° um juro mensal de 0,9226% a.m., colocando numa planilha fica assim:

iptu ou ipva à vista ou parcelado

Nossa simulação mostra que o rendimento é de fato menos de 50% do visto na primeira simulação.

Nesse √ļltimo cen√°rio, o mais realista, √© melhor pagar com o desconto ofertado pelo Estado ou munic√≠pio.

Uma vez que a nossa rentabilidade foi de 5% e o desconto à vista foi de 10%.

Mais ainda tem mais, não é só de rentabilidade bruta que a sua decisão deve ser baseada.

Impostos sobre Investimentos

Outro aspecto frequentemente esquecido s√£o os impostos sobre os rendimentos de investimentos em renda fixa.

Esses impostos podem diminuir significativamente o retorno esperado, alterando a decisão de pagar à vista ou parcelar o IPTU e o IPVA.

O Imposto de Renda regressivo é um ponto a ser considerado e vai diminuir sua rentabilidade bruta que a gente informou acima.

A tabela é essa aqui, que varia de acordo com o momento do resgate e incide apenas sobre a rentabilidade.

PrazoImposto de Renda
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

Resumindo, a alíquota mínima que você consegue chegar de IR é de 20% sobre o rendimento.

A queda da Selic

queda da selic iptu ipva

Outro fator que vai impactar a rentabilidade dos valores investidos é a trajetória de queda da Selic.

Estamos em um momento em que a taxa vem constantemente caindo e j√° temos mais previs√Ķes de queda.

Isso quer dizer que contratando um investimento de renda fixa que acompanhe a Selic ou CDI, sendo ele pós-fixado, a rentabilidade vai diminuir ao longo do ano.

Então, o investimento que hoje é 100% do CDI rendendo 11,65% ao ano, lá na frente esse mesmo investimento pode estar rendendo 10,50% ao ano.

Assim, você vai pegar uma taxa equivalente mensal aos 11,65% e depois outra taxa equivalente mensal nos 10,50% e sua rentabilidade total será uma composição dessas rentabilidades ao longo dos meses.

Fatores Pessoais

Além dos cálculos financeiros, fatores pessoais também desempenham um papel.

A disponibilidade de recursos financeiros e preferências pessoais devem ser levadas em conta ao tomar essa decisão.

Como quest√Ķes pol√≠ticas est√£o muito afloradas, tem gente que prefere n√£o pagar a vista para n√£o “dar dinheiro” ao governo de cara.

Outras pessoas, não gostam de levar uma dívida ao longo do ano, porque estar com aquela parcela ali incomoda.

J√° tem aquelas que parcela e utilizam o dinheiro para outra finalidade.

Então, cada caso é um caso.

Conclus√£o

A decisão de pagar IPTU e IPVA à vista ou parcelado não deve ser tomada levianamente.

Uma análise detalhada, considerando descontos, taxas de retorno de investimentos e impostos, é essencial.

Na maioria das vezes e matematicamente falando, pagar com o desconto oferecido pelo Estado ou município é o melhor negócio.

Esperamos que este post tenha esclarecido suas d√ļvidas e ajudado a tomar a melhor decis√£o. E voc√™, como planeja pagar seu IPTU e IPVA este ano?

Compartilhe nos coment√°rios!

Gustavo Dourado

Compartilhe nas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Twitter

Deixe um coment√°rio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *